jusbrasil.com.br
21 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Presidente da Ajufe participa de homenagem a juízes federais empossados há 50 anos

    Setenta e um juízes federais, empossados em 1967 e que comemoram 50 anos de nomeação, foram homenageados nesta segunda-feira (07) durante sessão solene no Conselho da Justiça Federal (CJF). O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, participou da cerimônia e, durante discurso, reforçou a importância dos juízes federais pioneiros na construção da história.

    Para o presidente da Ajufe, “pensou-se, erroneamente, que se estava reinstalando uma justiça para fazer o que o governo federal queria, o que a vontade dos governantes determinava. Ledo engano, em 1967, há 50 anos, começava a funcionar uma justiça independente, séria, honesta e íntegra. E é ainda mais interessante porque a Ajufe, em 2017, comemora 45 anos de existência e nos orgulhamos muito de ter entre os homenageados o nosso primeiro presidente da Ajufe, ministro Jesus Costa Lima.”

    Para a presidente do Superior Tribunal de Justiça e do CJF, ministra Laurita Vaz, há motivos de sobra para homenagear os setenta e um juízes federais empossados há 50 anos. “Vossas excelências estão marcados na história institucional como autores pioneiros dessa epopeia que culminou na história de uma das mais respeitadas instituições da democracia brasileira”, declarou.

    O objetivo do Jubileu de Ouro é prestar uma homenagem, resgatando a memória institucional da categoria, divulgando também a participação dos principais nomes desta história.

    Além da ministra Laurita Vaz, também prestigiaram a cerimônia o presidente do STM, ministro José Coêlho Ferreira, o corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Mauro Campbell, os presidentes dos tribunais regionais federais, o secretário adjunto do Conselho da OAB, Ibaneis Rocha, o vice-presidente da 4ª Região, Nelson Alves, o Secretário Geral, Fernando Mendes, a diretora de relações institucionais, Candice Jobim, e vários associados da Ajufe.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)